sábado, 2 de fevereiro de 2008

Felicidade é uma conquista

'A felicidade se conquista. Os pensadores gregos já a relacionavam a atitudes corretas: "A felicidade é conseqüência de uma atitude", escreveu Aristóteles, que considerava essa emoção, ou estado de espírito, algo que chega aquele que sabe fazer sempre o melhor possível de acordo com suas possibilidades e as oportunidades que a vida lhe oferece. Assim o segredo da felicidade estaria em uma postura ativa e sábia diante da vida.'

(...)

'O sorriso, expressão mais evidente do bem-estar, surge de imediato. Quando é genuíno, parte das regiões do córtex cerebral que cuidam dos programas motores (...). O músculo zigomático eleva os cantos da boca, o músculo orbicular dos olhos aperta levemente as pálpebras e o músculo corrugador da testa, que arqueia as sobrancelhas quando há medo ou espanto, relaxa. Além disso, é acionado o córtex órbito-frontal, que registra a ocorrência de bons acontecimentos, como a causa do sorriso, por exemplo. O aparecimento do sorriso genuíno coincide com o aumento da atividade da região frontal esquerda, associada à felicidade.'

ainda bem que realizamos tudo isso sem pensar!

(se quiser saber mais, leia Fique de Bem com seu Cérebro, de Suzana Herculano-Houzel)

Um comentário:

Beto disse...

Oi, Stella:
Passei pra agradecer pela visita e pelo comentário.
O tema da felicidade pode ser entendido vivendo, mas há os que pensam (e bem) sobre o tema, como Julían Marías.
Amitiés,
Beto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fim do Silêncio ou Grito Silencioso

Mais Vida