sábado, 27 de agosto de 2011

Ben Carson e a Educação dos Filhos

O trabalho mais importante é a educação dos filhos
A maneira mais simples de dizer isso: eu acredito na minha mãe
Dr. Benjamin Carson
Minha crença começou quando eu era apenas um garoto.  Eu sonhava tornar-me um médico.  Minha mãe era empregada doméstica.  No seu trabalho ela observou que pessoas bem-sucedidas gastavam mais tempo lendo do que vendo televisão.  Ela avisou a meu irmão e a mim que, durante a semana, só poderíamos assistir 2 a 3 programas de TV pre-selecionados.

Com nosso tempo livre, tínhamos que ler 2 livros, cada um de nós, emprestados na Biblioteca Pública de Detroit.  Depois deveríamos entregar, por escrito, relatórios sobre esses livros.  Ela marcava os textos, sublinhando e destacando. Anos depois, percebemos que essas marcações eram um recurso que usava para nos estimular na leitura.  Minha mãe era analfabeta; ela só pôde estudar até a terceira série.

Embora não tivéssemos dinheiro, entre as capas daqueles livros, eu podia ir a qualquer lugar, fazer qualquer coisa e ser qualquer um.  Quando entrei para o ensino médio, eu era um aluno nota dez, mas não por muito tempo.  Eu queria roupas da moda.  Eu queria sair com os caras.  Deixei de ser um estudante excelente e me tornei medíocre, mas eu não me importava.  Eu estava enturmado, eu era legal.

Uma noite minha mãe chegou em casa de seus múltiplos trabalhos e eu reclamei que não tinha suficientes camisetas italianas.  Ela disse: "Tudo bem, eu te dou todo o dinheiro que ganhar esta semana esfregando o chão e lavando banheiros.  Você compra comida e paga as contas.  Com o dinheiro que sobrar, você pode comprar quantas camisas italianas quiser."

Fiquei muito satisfeito com esse acordo, mas, depois que eu dividi o dinheiro, não sobrou nada.  Percebi que minha mãe era um gênio financeiro por ser capaz de manter um teto sobre nossa cabeça, botar alguma comida na mesa e, além disso, conseguir comprar roupas.

Também percebi que gratificação imediata não ia me levar a lugar algum.  Sucesso requer preparação intelectual.  Voltei aos meus estudos e me tornei um aluno nota dez de novo e, eventualmente, realizei meu desejo e me tornei médico.

Através dos anos, a firmeza da fé que minha mãe tinha em Deus me inspirou, particularmente quando eu tinha que realizar cirurgias extremamente difíceis ou quando eu mesmo temi pela minha saúde.

Alguns anos atrás descobri que estava com uma forma agressiva de câncer da próstata,  Disseram-me que podia ter se espalhado pela coluna.  Minha mãe ficou firme em sua fé em Deus.  Nunca se atormentou.  Ela disse que Deus ainda tinha planos para mim, não havia possibilidade de que isso fosse um problema mais grave.  A anormalidade na minha espinha dorsal revelou-se benigna.  Fui operado e estou curado.

Minha história, na verdade, é a história de minha mãe - uma mulher com pouca educação formal ou bens materiais - que usou sua posição materna para mudar a vida de muitas pessoas em todo o mundo.  Não há trabalho mais importante do que a educação dos filhos.  Nisto eu acredito.

O dr. Benjamin Carson é diretor de neurocirurgia pediátrica no Centro de Crianças do Hospital John Hopkins.  Sua especialidade inclui separar gêmeos siameses e fazer cirurgia no cérebro para controlar acessos.  A fundação de bolsas criada por Carson ajudou 1.700 alunos durante o curso na universidade.  Sua mãe está aposentada e vive com Carson e sua família.

(tradução de uma entrevista do dr. Benjamin para a radio NPR, em 10 de Outubro de 2005)

Em algumas locadoras ainda pode ser encontrado o filme sobre sua vida  "Mãos Talentosas - a História de Ben Carson".  Também pode ser baixado da internet ou comprado na Amazon.  Ainda há 10 exemplares em estoque, hoje, por US$ 12,99.

7 comentários:

Flor Martha disse...

Ai que lindo não é? E ainda tem mãe que acha que o trabalho do lar, da educação dos filhos "não realiza", que tem que trabalhar fora para relizar! Fala sério, qual o prêmio maior que se pode ter do que ter contribuído para ter um filho assim. Alô pais, homens, isso é com vocês também: o trabalho e a gratificação. Fidelidade! Presença.
Seu blog é demais!

Stella Halley disse...

A Sra. Carson era uma educadora intuitiva. Além de inteligência, bom senso e liderança, tinha Fé em Deus. Estava super-equipada para sua missão. Acho que vou para os States pedir a ela umas dicas sobre autoridade. ;-)

Anônimo disse...

Linda história ,e nos mostra como é importante ter Deus em td que fazemos e uma boa educação vem do berço.

Stella disse...

Bons pais querem dar o que há de melhor para seus filhos. Orientá-los a crescer na amizade com Deus é a melhor herança que podemos deixar. É a "boa educação que vem do berço."

Unknown disse...

E uma história muito linda .isso há prova que Deus existe ....Ela tinha tudo pra ser triste mas sua fé foi inabalável. ..Muito linda ...história escrita pela mãos de Deus

Unknown disse...

E uma história muito linda .isso há prova que Deus existe ....Ela tinha tudo pra ser triste mas sua fé foi inabalável. ..Muito linda ...história escrita pela mãos de Deus

André Luíz Santana disse...

Linda história contada pelase maos de Deus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Forca

Fim do Silêncio ou Grito Silencioso

Mais Vida